E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
Textos
A procura da pedra azul dos sonhos
Depois de muito dormir...Depois de muito sonhar...
Um outro dia começava diferente!
Para o menino da Lenda da pedra azul...
Que um dia teve a coragem...
De seguir o espectro azul sonhando...
Os pássaros cantavam a melodia suave!
Cuidavam dos seus ninhos com muito amor.
A alegria franzia a testa do menino admirado...
Como conseguir avançar na direção dessa luz!
O que mais parecia um sonho se tornava realidade.
Era a cidade dos sonhos que tanto esperava encontrar...
O ar ficava rarefeito, caíam granizos e fazia frio...
Mesmo assim a temperatura tornava-se mais amena...
Tudo se confundia até parecia que nada era verdade...
Era o medo que começava a arrepiar o menino.
Mas o menino sentia a força de um pássaro.
Agora terei de voar para atravessar a corrente!
Pela mente o menino fazia mesmo um poder diferente!
Teve toda coragem que pensou...
Avançou todas as correntes sem hesitar...
De repente o vento soprava diferente!
Na direção do menino os granizos se chegavam...
E lá no fundo estava a pedra azul...
Era a pedra azul da cidade dos sonhos de um dia...
Era o brilho que sinalizava o ponto mágico!
Uma corrente circular se transformava num clone!
O menino ficou sem se mexer por alguns instantes!
Não sabia de repente se deveria seguir...
Por outro lado tinha a certeza da coragem que possuía...
Sentia que o poder das suas mãos era verdade.
Vivia num paraíso de sonhos e não sabia!
Até que afinal a pedra azul começou a brilhar...
Trazendo o novo encanto para o menino da pedra azul.
E Campel
Enviado por E Campel em 04/01/2010
Alterado em 26/06/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras