E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
Meu Diário
02/10/2020 12h35
O POEMA

O POEMA

O poema chega iluminando as passagens...
Força de combate de muitas coragens!
Pura sintonia de harmonia!
Semelhanças de tradições!
Emoções!

As vozes das companhias se entrelaçam...
Fulguram paginas das estrelas queridas...
Augusta chama que aquece!
As mãos que sempre beijam!
Que sejam!

E tudo se transforma no eterno e maior bem...
Do ventre livre dos tempos prometidos...
Anseios dos valores conhecidos!
Best sellers dos sonhos vividos!
Montes belos convividos!


***Foto da Autora***

Publicado por E Campel
em 02/10/2020 às 12h35
 
30/09/2020 09h50
O SEGREDO DOS MANTOS

O SEGREDO DOS MANTOS

Cada candelabro tem breve sentido, fortes lembranças...
A noite convida solene, quais páginas assistem...
O primeiro oriente farto é gentil!
Se faz presente! Suntuoso e infantil!

A mão gigante surreal, logo se chega de repente...
Onipresente fortaleza, doce luar da natureza...
Singelo desejo decifrado!
Logo brinda! Faz o sonho acordado!

Imaginar as inspirações, tem histórias a contar...
Decifrar os enigmas, vozes das ouvidorias deuses...
Tudo pode e paira no ar!
Longos dias! Novas formas de amar!

Felicidades, causas nobres, poderes de vibrações...
Santas emoções, miríades, segredos dos mantos...
Luzes de sabedorias! Puras sintonias!
Clãs das montanhas! Garantem harmonias!


***Foto da Autora ***

Publicado por E Campel
em 30/09/2020 às 09h50
 
30/09/2020 09h36
ENAMORADOS

ENAMORADOS

Poderes existenciais presentes na vida...
Qual doce despertar no tempo sentido!
Oh! Virgem pura semblante da Alma!
Bela sintonia que o acalanto embala!

Encontros! Valores! Amores! Saberes!
Desprendimentos de sonhos espelhados!
Qual doce luz gigante que assiste encanta!
Promessa acesa sagrada agiganta!

Decifrando o codicilo desligado!
O que desligares da terra será prometido!
Arquétipos desejos frentes viés!

Emoldurando estilo gótico!
Antigos Mestres! Fidalguias!
Bromados seios dos fiéis!


***Foto do Google***

Publicado por E Campel
em 30/09/2020 às 09h36
 
15/09/2020 10h49
POEMAS DA LUZ DO AMOR

POEMAS DA LUZ DO AMOR

APRESENTAÇÃO

Na expressão do verbo nessa linda manhã, brindamos a luz do dia. Recebendo as mesmas páginas de alegrias especiais. Afinal, temos muito para agradecer. A vida na supremacia maior. A paz na consciência que depura a mente com a força de viver. Com a coragem de caminhar sempre com o espírito de luta. Do respeito, da obediência do dever cumprido especial e da missão da vida. Sempre reconhecendo a proteção maior e os poderes de Deus. Quem sabe até dos encantos das puras harmonias de viver.

Deveras o manto maior do ser infinito! Quando os veios fazem todas as estimas. Da luz que sempre ilumina. Da voz altiva de desejar ouvir para sempre aprender. Das letras das escolas da vida, dos entendimentos mais especiais. Do sonho poético da sintonia dos espaços a conduzir. Dos seios da eternidade dos mitos de conhecer o porvir. Pensamos na obra pura dos anseios de alcançar. Das lições que mais ensinam no tempo certo predito. Quem sabe dos provérbios da alta e maior dimensão ou até indagação. Dos encantos e dos princípios dos deuses das épocas antigas as mais modernas. Das energias das páginas mais produzidas, do recorde das produções mistificadas. Claro, do verbo das traduções teleguiadas e multiplicadas. Dos dias que virão a mercê da maior espera. Dos clarins e dos mandarins das letras soletradas. Do outro lado da vida mais feliz e encantada. São todas páginas queridas na voz traduzida e mais prosperada.

Dessa singela apresentação do presente livro: POEMAS DA LUZ DO AMOR! Luz à vida na eternidade dos tempos queridos. Lições sob as escutas dos ouvidos de ouro. Palavras, do arquétipo das vozes mais realçadas. A “primor” candeia dourada que sabe fazer o tilintar das taças. Na magia do encanto e do amor de poder mais expressar. Saudades que foram e voltam devido o amor. Quem sabe, a identidade dos sábios! Do maior saber que faz a promessa aqui silenciar. Porque os sábios se calam na luz do tempo. Ah! Encontram no maior tratado firmado pelas mãos de Deus. Seja maior, ou menor, todos podem dentro da vontade do Pai que muito sabe.
Às vezes, da maior decisão de chegar e do poder de reencontrar-se nos mistérios da vida. Das flores que fazem o presente "bouquet" que se abre nas mãos cheias do encanto da maior flor. Da Flor de Lis dos melhores encontros de energias.

Pelo prêmio maior, merecido e reconhecido, multiplicadamente por todas as fontes dos desejos. De produzir esse livro! E agora desejando boa leitura. Com a voz da esperança e no toque das plumas que falam pelos ouvidos das inspirações, como dádivas.


***Foto da Autora***

Publicado por E Campel
em 15/09/2020 às 10h49
 
30/08/2020 22h39
MAR AZUL CÉU REAL

MAR AZUL CÉU REAL

Mar azul que sonhei...
Faz a luz do outro dia...
Viva fonte de ternura que alumia!
Na aurora que perfuma e agracia!

Tem o assoalho do manto que brilha...
No aconchego que a fortaleza anuncia...
Página destemida sempre bela!
Diáfano encanto da terra!

Mar azul! Monte Castelo!
Céu real santo bendito!
Verbo que beija o infinito!

Luz da mãe natureza!
Véu surreal canto mistério!
Templo de Paz! Sonho eterno!


***Foto da Autora***

Publicado por E Campel
em 30/08/2020 às 22h39
Página 1 de 332
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »
Site do Escritor criado por Recanto das Letras