E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
Meu Diário
11/12/2012 16h50
É NATAL, TEMPO DE PAZ!

É NATAL, TEMPO DE PAZ!

É Natal!
Os sinos tocam suavemente din..don...
O Cântico de Hozanas faz a sintonia...
A voz suave ora aos Anjos dos Céus...
E a PAZ NA TERRA anuncia: É NATAL!

A alegria resplandece as festas natalinas...
Para comemorar a chegada do MENINO JESUS!
A vida se transforma em ternura na luz do dia...
Pelo AMOR QUE ENCANTA COM TODA MAGIA!

Os MANTOS se espelham na luz que irradia...
As ESTRELAS brilham com muitas estimas...
No tempo mistério de eterna sabedoria!
Pela VIDA SOLENE QUE MAIS SABERIA!

Nos campos, as flores se abrem sozinhas...
Formando a BELA PAISAGEM de valor!
Traduzindo na neve o BONECO DE GELO...
Nos sonhos perfumados com muito amor!

O toque da fadinha quer agora desejar...
FELICIDADES por todos os seus sonhos!
No PORTIFÓLIO desse PENSAMENTO de fé!
Onde ESTÃO OS MILAGRES E MISTÉRIOS DE DEUS!

***Foto da Autora***

Publicado por E Campel
em 11/12/2012 às 16h50
Site do Escritor criado por Recanto das Letras