E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


SAUDADES NA LUZ DO TEMPO

Descendendo as escadarias vi a rua antiga...
Quando criança corria sorrindo com alegria...
Encontros e recortes de doces amizades...
Sorria cantando na mais pura sintonia!

Do amor sagrado que pouco saberia!
SAUDADES NA LUZ DO TEMPO! Imaginaria!
Sonhar com as intuições eternamente!
Plantando a boa semente pra sempre!

Com os floreios dos perfumes atraentes!
Sorrisos que singelos chegaram! Iluminaram!
Abraçando a alma querida! Ressuscitaram!
SAUDADES NA LUZ DO TEMPO! Saudaram!

Em cada esquina brilharam as luzes benditas!
Afinal o tempo ordeiro se fez cajado multicor!
Quantas páginas! Quantos dias!
Porque o reino dos céus tem muito amor!

Luz do luar! Castelos! Impérios! Vida! Flor!
SAUDADES NA LUZ DO TEMPO! Valor!
Lírios! Orquídeas! Tulipas! E sementeiras!
Mantos das relíquias mais felizes e singelas!

Modos operandes! Letras mais belas!
Pra ofertar esse dom teleguiado e divino!
Predicado manto jus guiado conhecido!
SAUDADES NA LUZ DO TEMPO! Merecido!


***Foto da Autora***
E Campel
Enviado por E Campel em 29/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras