E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
16/10/2019 18h42
SOL ESTRELA QUE BRILHA

SOL ESTRELA QUE BRILHA

Oh! Sol Estrela que brilha...
Faz as Princesas Zórias se chegar...
Com a Estrela Dalva pra purificar!
E a luz do luar sagrado pra encantar!

Oh! Sol Estrela que brilha...
Diz os segredos que precisamos...
Com a sabedoria dos santos mistérios!
E a sintonia dos mantos mais belos!

Oh! Sol Estrela que brilha...
Se os sonhos desenham os milagres...
É o verbo que decide tudo na vida!
Na Santa Paz do Amor e Caridade!

Afinal são mandamos do arquétipo...
Chamas! Insígnias! Mentes assistidas!
Espelhos dos altares do tempo capaz! 
Dos Mestres que falam as vozes imortais!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/10/2019 às 18h42
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/10/2019 18h09
PRODUZIR

 

 

PRODUZIR

A voz do Oriente assinala o belo sinal.. 
Pura emoção se faz presente! Imaginação!
O doce ar purifica a mente! Fonte alegria!
A plenitude se agiganta na Santa Sabedoria!

O real se mistifica por entre os meios, salve!
O imaginário sai da abstração vira império!
A luz transforma os segredos mais belos!
E tudo se aconchega nos tempos eternos!

A verdade é a unificação do verbo saber!
Produzir faz a chama das garantias da vida!
Tudo pode pela força magnânima querida!

São espelhos das escolas aprendidas! Além! 

Nas memórias de infinitas esperas! Estadias!

Dos valores das benditas aquarelas dos dias!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/10/2019 às 18h09
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/10/2019 17h54
VOA O PRESENTE DO TEMPO PASSADO

VOA O PRESENTE DO TEMPO PASSADO

Ontem os dobrados espelharam o grande cantor...
Ouvidos serviram para garantir o ideal...
Orquestras perfilaram! Muitos estilos!
Mundos se vestiram com rebrilhos!

Hoje o presente do tempo passado se foi...
Nas escadarias dos sagrados momentos voo...
Janelas se abriram no universo mais belo!
Beijando a nova luz no infinito eterno!

Como entender o presente do tempo passado...
São as garantias! Das novas formas de comando!
Onde os sábios fazem as esperas decifrando!

O voo é a gigante voz que embala e nunca se cala...
Tem o berço estandarte de glórias sem espadas! 
Das bainhas das memórias coroadas pelas estradas!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/10/2019 às 17h54
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
15/10/2019 16h28
ESTRELA DALVA QUE ME GUIA

ESTRELA DALVA QUE ME GUIA

Muito feliz sintonia,
pura paz harmonia!
Doce voz sutileza,
belas paginas acesas!

Fonte santa eterna,
luz que brilha na terra!
Mostra o prisma sagrado,
desse sonho esperado!

Multicor da semente do amor,
premiando o espelho da Flor!
Guia o manto forte estrelado,
segurando o porte cajado!

Ah! É a Estrela Dalva que me guia!
Sonho do semblante que agracia!
Cariciando os mistérios daqui!
Esperando os castelos dali!

Pasme

Pasmém todas as alianças,
plumas nobres esperanças!
Plenas sejam as escutas benditas,
mensagens sagradas infinitas!

Para traduzir! Sonhar o porvir!
Decifrar! Confirmar e produzir!
Outra pagina desse anoitecer,
Para entender e poder agradecer!

Amém!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 15/10/2019 às 16h28
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
15/10/2019 15h45
NORUEGA UM CONTO DE FADAS

NORUEGA UM CONTO DE FADAS

Oh! Linda voz cantoria bravura das alturas...
Pedestais sagrados do brado retumbante...
Como debute encontrar esse mar!
Dessa terra que permeia o altar!

Noruega, um conto de fadas!
Venham as ordens mais belas!
Desfilar no dourado do sol! O maior!
Com o perfume da rosa! O melhor!

Conhecer no universo real!
Merecer o império desse sonho!
No sabor do eterno viver!

Afinal, a viagem já começa acontecer!
O encanto faz o verbo da vida!
Pelas vozes sagradas e queridas!

***Foto do Google***


Publicado por E Campel em 15/10/2019 às 15h45
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 3 de 316 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras