E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
27/05/2017 17h13
QUANTAS COINCIDÊNCIAS

QUANTAS COINCIDÊNCIAS

Reverências acontecem não por acaso...
A ordem sinaliza o monte da transfiguração...
O pensamento faz o dom da inspiração!
Como entender o elo!
Plenas consciências!
Quantas coincidências!

Paciências aparecem pra tudo acontecer...
A fonte faz as semelhanças da paz de hoje...
A certeza de saber buscar o verbo certo...
Mistério decerto se transforma amanhã!
No apelo de elevar o desejo verdadeiro!
Pura sabedoria de sinalizar o tempo inteiro!

Tudo pode! Tudo salva! Tudo alcança!
As alianças se mostram pelas frentes que sejam...
Do universo onde a essência deseja!
Que seja! Que realiza como estrela do bem..
Com a presteza que transmite a mensagem! Caridade!
Pra dizer essa maior verdade!

E munida da voz da bondade solene...
A obra faz a promessa divina!
Na oração como esteio de guarda!
Santas mágicas palavras bendirás!
Anjos vibram nas mãos infinitas!
Quantas coincidências! Benditas!!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 27/05/2017 às 17h13
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/05/2017 22h04
L'ÉTOILE EST TOMBÉE DANS LA MER, CATHERINE, ARTHUR ET BRYAN INVITENT LEURS AMIS À RÉVER

L’ÉTOILE EST TOMBÉE DANS LA MER, CATHERINE, ARTHUR ET BRYAN INVITENT LEURS AMIS À RÉVER

      Le voyage tant attendu arrive. Un beau jour se lève, et les enfants commencent à chanter. Se tenant les mains. Catherine, Arthur et Bryan invitent leurs amis. Ils regardent briller la lumière du soleil. Um beau revê est sur le point de commercer: l’espoir appele Aline, Arthur, Bryan, Catherine, Enrico, Petit Hugo, João, Valentina et tous les autres enfants. Tous veulent y courir! Tous veulent que le voyage commence!

          Le petit bateau, le vent en poupe, enchanté par l’Étoile de Mer, et brille de tous feux. Charque enfant port dans ses mains une petite banderole. On dirait que le ciel brille d’un bleu encore plus resplendissant. Chaque souffle de vent ramène à la memòire des histoires entendues pendant les cours. Ces esprits purs souhaitaient em effet voyager pour voir! lÉtoile de Mer. Cette Étoile qui était sortie d’un conte de fées et qui était tombée dans la mer. Enfin! Que la bonne fortune fonctionne comme dans les contes des Princes et des Princesses. La bonne fee mériterait sans doute un bon banquet!

         Dans les souvenirs de la maîtresse Dany, tout n’est que joie et fête. Dans cette ronde de chansons, le voyage se transforme en poésie, et l’on raconte histoires et fantasies.

      Vive lÉtoile de Mer! Dansons! Chantons! Et, joignant leurs mains, les enfants forment une ronde. – Que ce présent nous soit bon! Par les mystères de l’aute! Pour que l’on s’aime toujours.

         Le voyage continuait, devenant de plus en plus heureux à mensure que les minutes passaient! Les vagues blanches de la mer seimblaient enflammer les enfants! Et plus loin, encore sous la lumière du jour, ils virent les beaux contours d’une belle ile. C’était certes un peu dificille à imaginer, mais les enfants virent la forme d’une étoile au centre de I’île! Ils se mirent à crier: ‘C’est l’Étoile de la Mer! Est-elle tombée dans la mer! On croirait rêver!”

       Les enfants se mirent em cercle, et parlaient à qui mieux mieux. Aline dissait: “Chantons pour l’Étoile de la Mer”! Bryan, intelligent, disait avec joie: “Regardez toutes ces étoiles dans lê ciel”! Ensuite, Arthur répliquait: “Catherine, l’Étoile de la Mer, c’est celle-là! Va-t-elle aussi tomber dans la mer?”

       Catherine, répondit qu’elle ne savait pas, et demanda: C’est aussi um conte de fées? J’ai déjà entendu la Bonnne Fée, un jour, qui racontait l’histoire de l’Étoile de la Mer! Attendons pour voir! Enrico, petit garçon intrépide, regardait attentivement les vagues; il cria: Attendez, pour voir! Les étoiles ne tombent pas dans la mer! João lui répondit: Bien sûr que si! Petit Hugo leus répondi: Non! C’est um voyage de conte de fées, alors tout peut arriver! Et Valentine, souriant, disait: Du calme! On va voir! On aurait dit que cette étoile était géante. C’était cette Étoile du Ciel que l’on avait vu de loin, et qui donnait I’mpression d’être au centre de I’île. Et, avec beaucoup d’emotion, tous entendirent um bruit venu de l’île et crièrent, content: c’était la Bonne Fée.

          La voix de la Bonne Fée n’était qu’espoir: Vous pouvez tout faire dans cette vie, a condition d’avoir lê coeur plein d’amour. Même vos rêves peuvent se rèaliser, C’est comme ces mystères des contes de l’étoile, qui viennent pour vous montrer le bonheur. L’Étoile a l’air de tomber dans la mee et s’enchanter comme um mirage tombé du ciel que l’on voit au loin depuis la terre! Si vous voyez une étoile tomber, il ne faut pas douter. Adressez votre prière aux siants, comme si c”était um conte des fées.

           Maîtresse Dany désire fêter lê voyage des enfants comme ces conte des fées. Souvenirs des salles de cours. Ces histoires qui sont restées gravées dans la memóire des enfants. Ces memóires des journées languissantes. Sourires et joies! Que de fantaisies de jeunesse!

       Tout s’est illuminé par lê message sacré, lorsque l’Étoile enchantée de nouveau. Dans um rêve doré et beau, elle a brille de tous feux. A partir de ce jour-lá, cette étoile enchantée a apporte moult sagesses sur la vérité de l’amour. Elle a fait enregistrer les rèves des Princes et des Princesses, et des Bonne Fées. Tout ça pour le souvenir des petiots et des petiotes. Quand ils serront grands, ils deviendront des Princes et des Princesses pour de bon! Peau importe quand cela se passera! Ils auront une étoile dans le coeur, et deviendront um Princeu une Princesse, comme dans ce conte des fées! Mais, dans cette nouvelle réalité, quand saurons-nous à quel moment il faudra rire?


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 25/05/2017 às 22h04
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/05/2017 22h01
A ESTRELA CAIU NO MAR. CATHERINE, ARTHUR E BRYAN CONVIDAM OS AMIGINHOS PRA SONHAR

A ESTRELA CAIU NO MAR. CATHERINE, ARTHUR E BRYAN CONVIDAM OS AMIGINHOS PRA SONHAR

       A viagem mais esperada acontece. O dia lindo amanhece e as crianças começam a cantar. E de mãos dadas Catherine, Arthur e Bryan convidam os seus amiginhos. Vendo resplandecer a luz do sol. E um lindo sonho acontece: a esperança começa a chamar Aline, Arthur, Bryan, Catherine, Enrico, Huginho, João, Velentina e todas as demais crianças. E todos querem correr. Pra viagem começar! O barquinho vento em popa encantado com a Estrela do Mar, logo brilha. Cada criança levava nas mãos uma bandeira tipo de escoteiro. Parecia que o céu azul mais iluminava. Cada vento que soprava traduzia as lembranças, de uma história ouvida em sala de aula. Pois as mentes inocentes desejavam viajar pra ver a Estrela do Mar. A Estrela contada num conto de fadas que um dia caiu no mar. Afinal! Que seja tudo bendito, como o encanto da história do Príncipe e da Princesa. E da Fada Madrinha do universo e infinito. Pra merecer com certeza uma festa do altar. Por muito mais esperada. Nas lembranças da Professora Tia Dany para fazer alegria e agora festejar. Nessa roda de cantoria, a viagem vira poesia! Conta história e fantasia!

       - Viva a Estrela do Mar! - Vamos vibrar! Vamos cantar! E de mãos dadas às crianças formaram uma corrente. - Que seja pleno esse presente! Pelo mistério do altar! Para sempre mais amar!

       A viagem continuava cada minuto mais feliz! As ondas brancas do mar pareciam contagiar as crianças! E mais adiante navegando ainda na luz do dia: avistaram uma bela paisagem de uma linda ilha. O mais difícil seria imaginar, mas as crianças viram a imagem de uma estrela, bem no centro da ilha! Começaram a gritar: é a Estrela do Mar. Será que ela vai cair no mar? Parece um sonho! E as crianças formaram uma grande roda e todos queriam falar. - Aline dizia vamos cantar pra Estrela do Mar! – Bryan, bem esperto falava muito feliz: vejam tem muitas estrelas no céu! E logo em seguida Arthur dizia bem alto: Catherine, essa é a Estrela do Mar! Será que ela vai cair no Mar?

       Catherine, respondeu não sei e indagou: esse conto é de princesa também? Eu já ouvi a Fada Madrinha um dia! Ela contou uma história da Estrela do Mar! Vamos esperar pra ver! Enrrico menino destemido olhava bem atento pra as ondas do mar. E gritava contente: esperem pra ver! Uma estrela não pode cair no mar! João dizia contente, sim ela pode cair! E Huginho logo respondia: não! Aqui é uma viagem. Mas, de um sonho de conto de fadas! Tudo pode acontecer! E Valentina sorria dizendo: Calma! Vamos ver! Parece que fica gigante a estrela! É a Estrela do Céu que agente viu de longe! Que parecia estar no centro da ilha! E com muita emoção ouviram um estampido vindo da ilha. Gritaram contente: é a Fada Madrinha que vai aparecer!

       E a voz da Esperança transformou-se em Fada Madrinha pra dizer: Tudo pode nessa vida, quando temos muito amor no coração. E até os sonhos se transformam em realidades. Como os mistérios desse conto da estrela. Que vem muito feliz, mostrar pra vocês. Que a Estrela pode parecer cair no mar e se encantar. Do céu como miragem! Na terra como verdade na visão de longe daqui. Quando se vê uma estrela cair não se deve duvidar! E como um conto de fada fazer até um pedido ao santo e merecer!

       Como nesse conto de fada a viagem das crianças deseja celebrar! Recordações das salas de aulas. Histórias que ficaram nas memórias daquelas crianças. Lembranças de longos dias. Sorrisos e alegrias! Saudades das fantasias!

       E tudo ficou iluminado pela mensagem sagrada, quando a Estrela novamente se encantou! Num sonho lindo dourado e que muito mais até brilhou. Desse dia em diante, até a estrela que se encantou trouxe sabedorias da verdade do amor. Fez recordar os sonhos das Princesas e dos Príncipes. E das Fadas Madrinhas. Pela nova visão daqueles baixinhos e daquelas baixinhas. Quando um dia crescerem, se tornar o Príncipe ou a Princesa da vez! Não importa o tempo? E até da grande missão de ter uma estrela no coração. Pra se tornar uma Princesa ou um Príncipe, igual a esse conto de fada já vivido! Mas sendo enfim, numa nova realidade, quem sabe o dia! O tempo ou a vez de sorrir.


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 25/05/2017 às 22h01
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/05/2017 17h24
SINTONIAS MÁGICAS

SINTONIAS MÁGICAS

Iluminam verbalizando o doce poder!
Realidade da grandeza e satisfação!
Vozes dos comandos das dimensões!
Sonhos! Razões! Mistérios! Cores!
Sintonias mágicas! Amores!

Irmanam premiando a eterna luz!
Verdade da beleza e inspiração!
Fontes dos decanos rigores das missões!
Formas! Emoções! Mitos! Sabores!
Harmonias das paginas! Valores!

Edificam perfilando os tempos!
Bondade da natureza e esplendor!
Montes que assistem saberes das tradições!
Dons! Transmissões! Modos! Encantadores!
Sabedorias do azul dos céus! Mentores!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 25/05/2017 às 17h24
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/05/2017 17h19
VALORES DA DIMENSÃO

VALORES DA DIMENSÃO

Estado de graça dos livramentos da vida...
Êxtase das vozes! Valores da dimensão!
Planos existenciais que ficaram solenes!
O tempo cuida de forma mágica pra sempre!

Todo o encanto que faz os mistérios!
Dos sonhos de alcançar e a luz de encontrar!
Palmas que aplaudem sorrindo assim!
São fontes que vibram cantando pra mim!

Essa voz de comando as mãos seguram...
Flores perfumam doce musicalidade!
Magias acontecem pelos poderes divinos!
Sinais mitos dos mares chegam e ensinam!

E como agradecer ao voto das promessas...
Palavras escritas benditas falam pelas mesas!
Missões do encantamento do diáfano! Além!
Moções que o provimento dos céus decide! Amém!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 25/05/2017 às 17h19
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 3 de 266 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras