E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
20/05/2018 20h19
DESEJOS QUE FALAM BAIXINHO

DESEJOS QUE FALAM BAIXINHO

A voz suave perfuma a razão de viver...
Acorda contente com grande emoção...
Sussurra sorrindo mansinho baixinho!
No canto do ninho com muita paixão!

E quando embala o mundo se cala...
De tantas belezas de muito querer...
Espalha o sorriso do tino desejo!
No mesmo gracejo de muito prazer!

E quando vibra na luz do altar...
No tempo certo o sonho inspirou...
Agora o mistério se chama amor!

Poderes do Anjo Querubim!
Desejos saberes da Flor do Alecrim!
Assim tudo pode afinal dizer o SIM!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 20/05/2018 às 20h19
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
20/05/2018 19h02
VERBO VIDA VIVER

VERBO VIDA VIVER

No arremesso do destino temos os sonhos...
Em cada passo plantamos sementes...
Fazemos a doação das missões!
Nos anseios das boas ações!

Caminhamos destemidas com coragem...
Transportando as sendas das cores...
Buscando as somas dos saberes!
Nas vozes dos santos deveres!

Tudo pode nos milagres do tempo!
O manto soberbo escreve na hora!
O dia brilhante se faz do passado agora!

No presente da estrela querida!
No raio da luz do brilho afinal!
Pra o verbo vida viver o imortal!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 20/05/2018 às 19h02
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
20/05/2018 14h57
TESOUROS DE ÁGUAS GELADAS

TESOUROS DE ÁGUAS GELADAS
 
O sonar indica a direção, condicion sine qua...
Égale condition!
A força valente faz o mar, espelho de encontrar.. 
Muitos valores da vida pioneira!
A embarcação promete a voz escudeira!
 
As temperaturas ficam mais baixas...
O furacão começa acontecer...
Cada passo, o ritmo é perfeito, vento em popa...
Os peixes desaparecem! Muitas luas!
Onde os arenques se escondem? Nas alturas!
 
Noites e muitas vidas, encontram a magia...
No outro tempo, nada mais resta a esperar...
Valores! Conquistas! Renovadas semeaduras!
O estilo garantido brilhou!
A outra página iluminou!
 
Tudo forte, força do bravo valente de sempre...
Onde perfilar as respostas, pelo combate conhecer...
Tesouros de águas geladas! Encontrados!
Sonhados dos mundos estrelados!
E prometem a história real dos dobrados!


***Foto do Google***


Publicado por E Campel em 20/05/2018 às 14h57
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
20/05/2018 14h28
A NOVA DESCOBERTA

A NOVA DESCOBERTA

Tem viva fonte, realidade de vida é só descobrir...
Respira fundo, procura escutar aprender e ensinar...
Acordou! Desejou! Agora pode mais sonhar!
A obra terá que construir! Proclamar!

A nova descoberta! Inspirar!
A luz faz o sorriso com a certeza do brilho preciso...
O encantado fulgura em alto estilo perfumando os sentidos...
A medida é perfeita! A Paz garantiu!

O tempo promete a voz da razão...
Tradição! Emoção!
A nova descoberta! Gratidão! Deveres!
O êxtase opera a imaginação, mistérios dos saberes!

Valores a soerguer, nas semelhanças dos poderes...
O infinito ordena tudo que for de bom!
Os céus irradiam a purificação! Fé! Oração!
A nova descoberta! Salvação! Missão!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 20/05/2018 às 14h28
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
18/05/2018 21h43
O FIEL ESTADO CODICILO DAS GUARDAS

O FIEL ESTADO CODICILO DAS GUARDAS


Espaços das salvas e guardas!
Do Orfeu ao mais enraizado valor do pensamento...
Dos arrepios das forças valentes...
Dos Príncipes dos tempos...
Que venham as ordens a seguir!
Do fiel estado codicilo das guardas!

Poder de evoluir!
Traçados sonhos despojados ao luar...
Da estirpe frente dos desejos...
Dia após dia das dualidades promitentes...
Da voz providente espiritualizada...
Edifício da prosa epopéia quântica perfilada!

Da obra pura das testas santas!
Da viva força feliz das alianças!
No derradeiro encanto da corte mais fiel...
O realce fez o encontro real agraciado...
O emblema ressurgiu formando o gigante...

E o tempo se firmou no mar desejado...
Pra traduzir esse sonho mais amado!
Pelos frutos das heranças cobiçadas!
No grande legado que restou!
Pela grandeza de conhecer!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 18/05/2018 às 21h43
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 2 de 307 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras