E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
16/04/2018 20h13
QUANDO O SINAL É DADO. ASSIM SEMPRE SERÁ

QUANDO O SINAL É DADO. ASSIM SEMPRE SERÁ

A ordem faz o comando a seguir...
Quiçá! Real condição sine qua non!
O baluarte há de falar como pensou!
Descrevendo o sonho que preservou!
Assim sempre será!

A história com o tempo restará..
A sintonia sempre falará!
Do encanto verbo aceso que ficou!
Na luz que se fez presente e premiou!
Assim sempre será!

E no mito dos mistérios...
O império tem seu sagrado direito!
Na tradição da missão que santificou!
Na mão beijada que a natureza traduziu!
Assim sempre será!

Dai tudo servir na dimensão do infinito...
Pela obra que com certeza realizar!
Onde o amor solene multiplicou!
O imortal se fez e consagrou!
Assim sempre será!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/04/2018 às 20h13
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
14/04/2018 21h34
CADA PASSO CADA PROVA QUE COMPROVA

CADA PASSO CADA PROVA QUE COMPROVA

O tempo ordeiro a eternidade garante, qual pássaro que voa.
O presente nem sempre é visto, quantos olhos enxergam?
A vida caminha e um dia sempre será outro dia!
Na manhã o sol envia os raios pra iluminar com sabedoria!

O entardecer faz o recado, mas nem sempre pode entender.
E na noite do céu estrelado, as vistas parecem desaparecer.
Como conceber adversidades no carrossel do destino?
A realidade emana o feliz berço bem-vindo!

Ninguém pode jamais duvidar!
A força existe! Por que será?
A luz sempre mostra afinal!

Viver é saber fazer a obra!
Cada passo cada prova!
Cada prova que comprova!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 14/04/2018 às 21h34
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
14/04/2018 21h16
A PALAVRA TEM A SUA ESSÊNCIA

A PALAVRA TEM A SUA ESSÊNCIA

Filosofias das ordens benfazejas...
Toque de requinte!
Fontes de vidas! Evolução!
Tradição! Missão! Ou não!
Voz da natureza! Clemência!
A palavra tem a sua essência!

Brindes! Rigores do acetinado valor!
Planisfério do verdadeiro amor!
Nessa vida tudo é passageiro...
E nessa dança a verdade é relíquia...
A voz divina faz o baluarte! Inocência!
A palavra tem a sua essência!

Pura sintonia que fecunda!
A arte solene é a que depura!
Quando desnuda o estilo de viver...
O que mais prodigaliza! Organiza! Realiza!
O mito faz os mistérios! Providência!
Afinal a palavra tem a sua essência!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 14/04/2018 às 21h16
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/04/2018 19h52
A NEVE AURORA É SEMPRE BELA

A NEVE AURORA É SEMPRE BELA

A neve sempre faz alegria pra quem deseja sonhar....
O toque do frio esquenta a pura alma...
Vem fantasias mitos mistérios dos poderes! Agradece!
Deveras entender! Como acontece?

Nesse sibilado doce encanto o ar santificado agracia...
Transporta os estigmas das fidalguias...
Ensaios poéticos se chegam festejando o momento!
Tudo se arrima nas estimas do sacramento!

Todos os deuses mostram as provas!
A neve aurora é sempre bela!
Das testas e frestas que comprovam!
Fazendo a memória recordar!

O tempo pode até passar!
Mas a neve aurora é sempre bela!
Nas voltas até das redomas do altar!
Querendo o retrato bordado encontrar!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 02/04/2018 às 19h52
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/04/2018 19h35
A SUAVIDADE DA DOCE ESTAÇÃO

A SUAVIDADE DA DOCE ESTAÇÃO

Sintonias puras!
Forte dimensão de encontros da luz da razão!
Quantas alianças do progresso...
Do semblante da Flor a precisar o que for!
Afinal tudo por amor!

Norte diapasão vozes da salvação!
Paz que sustenta o affair do horizonte a multiplicar!
O esteio da coragem de precisar!
A tradição da proteção divina! Que sonhou!
Afinal tudo por amor!

E nesse êxtase do manto da proteção a obra se faz!
Mister dos mistérios! Suavidade!
Luas dos tempos do ouro! Caridade!
Sonhos de princesas! Tesouros. Saudades!
Afinal tudo para amar!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 02/04/2018 às 19h35
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 16 de 312 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras