E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
17/04/2018 22h03
DESPRENDIMENTO

DESPRENDIMENTO

Um dia a vida consegue acordar na voz razão, doce fiel companhia do saber!
Quiçá um novo ordenamento começa acontecer, pelo ministério do bem!
Alguém decidirá a dimensão de encontrar!
Lua do sol cor do rouxinol!
Tudo a fazer o que for melhor!
Para sentir! Desprendimento maior!

O meio se agiganta no traço do destino, como quimera quisera o caminho!
A vez se assoberba em prol das vestes de quem diga, pelas fontes das saídas!
Norteia o rumo das vivas alegrias!
Sibilam os sinos dos sonhos do amor!
Voam dos ninhos até as perdizes alheias!
Para festejar os mimos! Desprendimento das veias!

Santas miragens paciências da eterna força divina, que tudo garante de bom!
Sustenta o alimento vivo da natureza, qual doce resplandecer!
Orquídeas! Rosas! Pétalas perfumadas!
Semânticas das cores douradas!
Noites de encanto que se misturam sorrindo!
Pelas frestas de estilos! Desprendimento bem-vindo!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 17/04/2018 às 22h03
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/04/2018 21h11
SOERGUER A FONTE SEMPRE

 SOERGUER A FONTE SEMPRE

Seguir as ordens da luz do destino, espelhos bem-vindos.
Caminhar esteios com a voz paciência, qual doce amanhecer.
Plumas sutis em toques macios encantam a beleza!
Planos suaves entoam as páginas dos ares!
Na mesma cantoria de um sonho que vem!
Soerguer a fonte sempre! Na paz do bem!

Infante grandeza das saídas, desprendimento da alma.
Gigante fortaleza das energias, que sempre salvam.
Mundos descortinados que sejam vibrantes!
Das luas que se afinam na vez precisa!
Dos carrosséis que giram e mais ensinam!
Soerguer a fonte sempre! Muitos inspiram!

Desafios das cortes pelas vestes, faladas de antes.
Figuras de outrora, maestrias lembranças imortais. 
Novamente exuberantes estilos das providências!
Traduzindo as garantias das missões perfiladas!
Páginas alcançadas vibrações multiplicadas!
Soerguer a fonte sempre! Doações proclamadas!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/04/2018 às 21h11
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/04/2018 21h02
FONTE DE ÁGUA VIVA

FONTE DE ÁGUA VIVA

Dizei o que és...
Palavras de Hesus!
Forças divinas!
Mistérios Jesus!

Sacramentos dos céus...
Fonte de água viva!
Espelhos saberes!
Valor que faz bem! Poderes!

Aí tempo sagrado certo!
Que sempre orienta!
Dever-se-á encontrar!
Fonte de Água viva! Transformar!

Pasmem-se!
Todas proteções!
Mãos abençoadas!
Fonte de água viva! Consagradas!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/04/2018 às 21h02
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/04/2018 20h13
QUANDO O SINAL É DADO. ASSIM SEMPRE SERÁ

QUANDO O SINAL É DADO. ASSIM SEMPRE SERÁ

A ordem faz o comando a seguir...
Quiçá! Real condição sine qua non!
O baluarte há de falar como pensou!
Descrevendo o sonho que preservou!
Assim sempre será!

A história com o tempo restará..
A sintonia sempre falará!
Do encanto verbo aceso que ficou!
Na luz que se fez presente e premiou!
Assim sempre será!

E no mito dos mistérios...
O império tem seu sagrado direito!
Na tradição da missão que santificou!
Na mão beijada que a natureza traduziu!
Assim sempre será!

Dai tudo servir na dimensão do infinito...
Pela obra que com certeza realizar!
Onde o amor solene multiplicou!
O imortal se fez e consagrou!
Assim sempre será!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 16/04/2018 às 20h13
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
14/04/2018 21h34
CADA PASSO CADA PROVA QUE COMPROVA

CADA PASSO CADA PROVA QUE COMPROVA

O tempo ordeiro a eternidade garante, qual pássaro que voa.
O presente nem sempre é visto, quantos olhos enxergam?
A vida caminha e um dia sempre será outro dia!
Na manhã o sol envia os raios pra iluminar com sabedoria!

O entardecer faz o recado, mas nem sempre pode entender.
E na noite do céu estrelado, as vistas parecem desaparecer.
Como conceber adversidades no carrossel do destino?
A realidade emana o feliz berço bem-vindo!

Ninguém pode jamais duvidar!
A força existe! Por que será?
A luz sempre mostra afinal!

Viver é saber fazer a obra!
Cada passo cada prova!
Cada prova que comprova!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 14/04/2018 às 21h34
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 10 de 307 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras