E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
19/06/2019 18h58
LUA CHEIA DOURADA

LUA CHEIA DOURADA

Que faz mistérios no ar, chega devagarinho...
Alumia o sorriso aceso, enquanto canta o sabiá...
E pela força do luar mostra a Estrela maior!
Nos encantos desses mimos como a luz do grande Sol!

Segue ordeira no AVIS do infinito, santo bendito...
Dita o mito mais bonito, escudeira voz do tempo...
Na certeza do firmamento transportar esse poder!
Para as sendas alvoradas desfrutar esse prazer!

Oh! Lua luar toma o teu canto!
Cuida de nós que estamos aqui!
Veja a guarida das guardas!

Oh! Lua das salvas e retaguardas!
Seja essa força dos querubins!
Traga os milagres do outro sim!

***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 19/06/2019 às 18h58
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras