E Campel
O amor incondicional na visão do iluminismo poético
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
07/08/2017 18h45
CONSCIÊNCIAS QUE CONFORTAM

CONSCIÊNCIAS QUE CONFORTAM

 

 

 

Comportam a justa mente hospitaleira...

 

 

Compulsando o grande coração!

 

 

As semelhanças dos predicados da luz!

 

 

Olhos clarividentes!

 

 

Sendas dos céus que importam!

 

 

Consciências que confortam!

 

 

 

 

 

Qual doce encanto saber viver...

 

 

Cuja esperança promete acontecer...

 

 

Despindo as vestes vertentes...

 

 

Decodificando os enredos...

 

 

Com as vozes providentes que encantam!

 

 

Consciências que confortam!

 

 

 

 

 

Na derradeira alvorada estilosa...

 

 

As cantigas fazem prosas!

 

 

A luz da mesa e das provas!

 

 

Dizendo os segredos da vida!

 

 

No desfiladeiro surreal que transportam!

 

 

Consciências que confortam!

 

 

 

 

 

****Foto do Google***

 

 


Publicado por E Campel em 07/08/2017 às 18h45
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
07/08/2017 18h27
A INTUIÇÃO DA ALMA

A INTUIÇÃO DA ALMA

Sintoniza a simplicidade essência da vida...
Personalidade autêntica e fecunda...
Orientação providente!
Luz infinita consciente!

Clareza pelo estado de luz vigor...
Que purifica a mãe natureza...
Força que edifica e sempre brilha!
Bálsamos que agasalham a mira!

Parâmetros dos parlamentos!
Mente fortificada e muito feliz!
Santos julgamentos! Também!

Espelhos que dignificam os livramentos!
Sempre premiando o outro dia!
A nova lua do tempo que vem! Amém!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 07/08/2017 às 18h27
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
07/08/2017 18h15
0RQUÍDEAS DOS SANTOS PERFUMES

ORQUÍDEAS DOS SANTOS PERFUMES

Que muitas se chegam perfumando...
No grande jardim assistido da vida...
Ah! Doces alegrias fontes primazias!
Da obra PLANTADA querida!

Prometem as chamas que beijam...
Com a magia encantada festiva...
Ah! Anjos deleitam a pura inspiração!
Nessa esperança de luz assistida!

Quantas vozes garantem!
O Infante valente se consolida!
Nesse presente eterno de vida!

E as mentes se entrelaçam!
Nesse abraço cheio de amor!
Do hemisfério bendito da Flor!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 07/08/2017 às 18h15
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
07/08/2017 18h11
SONHO FELIZ ACORDADO

SONHO FELIZ ACORDADO

Estado da alma sempre viva...
Como cada passo prometia...
De mãos dadas a voz falava!
A inspiração na paz soletrava!

Era um sonho feliz acordado...
As luzes começavam a brilhar...
Emirados! Dubai! Da Estrela! Sei lá!
Continentes se multiplicaram!
As paginas assistiram e edificaram!

Viajar é a aprendizagem mais bela!
Estado de alegria numa passarela!
Mensagens! Paisagens! Miragens!

O grande prazer da vida conhecer!
Multiplicando as sintonias do valor!
Cantando na chuva com muito amor!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 07/08/2017 às 18h11
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
07/08/2017 17h39
UM DIA FALEI

UM DIA FALEI

Um dia falei eu amava...
Na verdade eu sempre amei...
O tempo foi passando muito rápido!
Como explicar tudo isso que aconteceu?
Somente sei dizer que foi ontem que amanheceu!

O claro sempre se renovou!
A maior força de mistérios se encantou! Multiplicou!
Pra traduzir todos os castelos!
Saciar o mais real do meu viver!
Poder sorrir com prazer!

As fantasias serem os sonhos!
A inspiração a luz da lua!
Do mesmo jeito de sentir a paz!
Cantando as glórias e Aleluias!
Nesse desejo de sempre mais!

E no Mar gigante me despi!
Da forte mente de merecer!
O grande Infante que consegui!
Pra sempre viva poder viver!
E sempre amar até morrer!


***Foto da Autora***


Publicado por E Campel em 07/08/2017 às 17h39
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (E Campel e o site ecampel.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 2 de 276 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras